Triglicerídeos: altos ou baixos após os 80 anos de idade?

Estudo publicado na revista “Journal of American Geriatrics Society”

07 fevereiro 2019
  |  Partilhar:
Uma equipa de investigadores propôs-se estudar o impacto dos níveis elevados de colesterol sobre as doenças cardíacas, capacidade funcional e risco de morte em pessoas com mais de 80 anos de idade.
 
É do conhecimento geral que possuir níveis de colesterol elevados antes dos 65 anos de idade pode aumentar o risco de ataques cardíacos e de acidente vascular cerebral (AVC). Após os 80 anos de idade, não se sabe com exatidão.
 
Alguns estudos indicaram que um nível de colesterol total mais elevado e um nível inferior de colesterol LDL (mau) poderia ajudar na consecução das atividades do dia-a-dia e a preservar a longevidade.
 
Mais, já foi sugerido que o colesterol baixo, a partir dos 80 anos de idade, está associado a um risco mais elevado de morte por cancro, doenças respiratórias e acidentes. Finalmente, parece que os efeitos benéficos das estatinas diminuem à medida que se envelhece.
 
O mesmo se aplica aos triglicerídeos. Embora os triglicerídeos elevados constituam um fator de risco para doenças cardíacas nos mais jovens, não se sabia se poderiam afetar da mesma forma os octogenários e mais velhos.
 
Os investigadores do Centro Chinês para o Controlo e Prevenção de Doenças, em Pequim, China, propuseram-se testar as diretrizes atuais sobre os níveis de triglicerídeos em 930 idosos chineses com mais de 80 anos de idade. 
 
A equipa analisou a relação entre os níveis de triglicerídeos e a capacidade de desempenho dos cuidados pessoais diários, a função cognitiva, a fragilidade e ainda os índices de mortalidade nos idosos.
 
Como resultado, foi observado que nos participantes mais idosos possuir um índice de triglicerídeos mais elevado estava associado a um menor risco de declínio cognitivo, menor redução na capacidade de desempenharem tarefas diárias, menor fragilidade e menor risco de morte.
 
Estes resultados põem em questão a diretriz atual, segundo a qual os níveis elevados de triglicerídeos são um fator de risco para doenças crónicas relacionadas com o envelhecimento e morte.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentar