Pelo menos 30% dos utentes com atividade física avaliada nos centros de saúde

Programa de Promoção da Atividade Física

24 abril 2018
  |  Partilhar:
Pelo menos 30% dos utentes dos centros de saúde devem ter a sua atividade física enquanto sinal vital avaliada pelos médicos de família até ao fim deste ano.
 
O diretor do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física, Pedro Teixeira, garantiu à agência Lusa que esta avaliação, já integrada na aplicação informática dos médicos de família, demora “cerca de 30 segundos”. Trata-se de perceber qual o nível de atividade física dos portugueses através de perguntas simples.
 
O Programa de Promoção da Atividade Física pretende ainda que se passe desta avaliação para o aconselhamento breve e desenvolveu já guias para a atividade física que os médicos de família ou outros profissionais dos centros de saúde podem passar aos utentes.
 
Este ano e no próximo vão ainda ser desenvolvidos projetos-piloto em centros de saúde para consultas de prescrição da atividade física, uma pretensão que o diretor do Programa já tinha anunciado.
 
As unidades de saúde ainda não estão selecionadas, mas deverão ser entre 10 a 20, sendo que as consultas serão dadas por uma equipa multidisciplinar em que a “dupla chave” será constituída por um médico com pós-graduação em medicina desportiva e um fisiologista do exercício.
 
O “Plano de Ação Nacional para a Atividade Física” não é um documento com metas ou ações concretas, mas antes um sítio “onde os portugueses poderão ficar a conhecer iniciativas, projetos, programas e ações promovidas pelas autoridades governamentais, mas também por municípios, empresas, e organizações da sociedade civil”.
 
O objetivo é tentar que os cidadãos saibam o que existe à disposição perto de sua casa para a prática de atividade física, com o objetivo de “pôr Portugal a mexer” e para “dinamizar e incentivar a implementação de projetos em áreas menos exploradas como a mobilidade ativa, o local de trabalho, ou os cuidados de saúde”.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Classificações: 1 Média: 2
Comentários 0 Comentar