Jejum intermitente ajuda a perder peso

Estudo publicado na “Nutrition and Healthy Aging”

21 junho 2018
  |  Partilhar:
A dieta chamada de jejum intermitente, ou seja, com um período de 16 horas de jejum e outros de oito horas com refeições demonstrou reduzir o peso e baixar a tensão arterial, indicou um estudo.
 
Conduzido por investigadores da Universidade de Illinois em Chicago, EUA, o estudo foi o primeiro a investigar o efeito da alimentação com restrições em termos de tempo sobre a perda de peso por indivíduos obesos.
 
Para a sua investigação, a equipa recrutou 23 pessoas obesas, com um índice de massa corporal (IMC) de 35 em média e 45 anos de idade em média.
 
Foi pedido aos participantes que, durante 12 semanas, consumissem os alimentos que desejassem entre as 10 horas da manhã e as seis horas da tarde, mas, durante as 16 horas seguintes, ou seja, até às 10 horas da manhã do dia seguinte, se mantivessem em jejum, podendo beber apenas água ou bebidas não-calóricas.
 
Ao compararem os resultados daquele tipo de dieta com os de um ensaio clínico anterior em que os participantes tinham seguido outro tipo de jejum, foi verificado que os voluntários que seguiram o jejum intermitente consumiram menos calorias, perderam peso e tiveram melhorais na tensão arterial.
 
Com efeito, os participantes do estudo atual consumiram 350 calorias a menos, perderam cerca de 3% do peso corporal e tiveram um decréscimo de cerca de 7 mm Hg na tensão arterial sistólica. Nos outros aspetos como a massa gorda, colesterol e resistência à insulina, os resultados foram semelhantes em ambos os grupos. 
 
Segundo Krista Varady, autora correspondente do estudo, os resultados são semelhantes a outros observados em estudos com dietas de jejum em dias alternados. No entanto, a dieta das 16/8 horas poderá ser mais fácil de manter. 
 
A autora remata lembrando que existem opções de perda de peso que não incluem forçosamente a contagem de calorias ou a eliminação de certos alimentos. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar