Dieta rica em flavonoides protege contra cancro e doenças cardiovasculares

Estudo publicado na “Nature Communications”

02 setembro 2019
  |  Partilhar:
Investigadores da Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde da Universidade de Edith Cowan, na Austrália, descobriram que ingerir alimentos ricos em flavonoides protege, principalmente, os fumadores e consumidores de bebidas alcoólicas contra o cancro e doenças do coração.
 
A equipa liderada por Nicola Bondonno analisou dados recolhidos da coorte Dieta Dinamarquesa, Saúde e Cancro, que avaliou as dietas de 53.048 dinamarqueses durante 23 anos.
 
Os resultados mostraram que quem consumia quantidades moderadas a elevadas de alimentos ricos em flavonoides (cerca de 500mg diários) era menos propenso a morrer de cancro ou doença cardíaca. 
 
Bondonno revela que de entre os consumidores de alimentos ricos em flavonoides, o efeito protetor teve mais impacto naqueles em maior risco de doenças crónicas por fumarem ou beberem mais de duas bebidas alcoólicas por dia.
 
“O consumo de álcool e fumar aumentam a inflamação e danos nos vasos sanguíneos, o que aumenta o risco de um vasto número de doenças. Os flavonoides são anti-inflamatórios e melhoram a função vascular, o que poderá explicar por que estão associados a um menor risco de morte por doenças cardiovasculares”, acrescenta a investigadora.
 
Bondonno conclui que, apesar de se ter descoberto esta associação entre os flavonoides e o um efeito protetor, não se compreende bem qual a natureza desta proteção, mas é provável que seja multifacetada.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar