Descoberto mecanismo que promove crescimento do cancro pancreático

Estudo publicado na revista “Cell Reports”

07 outubro 2019
  |  Partilhar:
Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Virgínia, EUA, descobriram um novo mecanismo usado pelas células tumorais para se alimentarem e crescerem.
 
A taxa de sobrevivência de doentes com cancro pancreático é bastante mais baixa do que a de outros tumores, pelo que a equipa liderada por David Kashatus tentou entender a sua biologia, de modo a que cientistas e elaboradores de fármacos saibam melhor como atacar a doença.
 
Estudos anteriores tinham já revelado alterações estranhas no formato das mitocôndrias de células de cancros relacionados com mutações no gene RAS.
 
Kashatus, ao tentar perceber qual o efeito desta ocorrência sobre o tumor pancreático, descobriu que, quando o gene RAS com mutações era ativado, a mitocôndria fragmentava-se. Esta fragmentação é o início do novo método de alimentação do cancro.
 
Contudo, os investigadores consideram esta alteração uma fraqueza que se pode explorar para ajudar os doentes. Ao bloquear a divisão da mitocôndria em amostras de tumores, bloqueou-se o crescimento tumoral. E mesmo quando os tumores cresceram, as células perderam a função mitocondrial.
 
Kashatus explica que este fenómeno de fragmentação promove uma alteração de metabolismo e a saúde da mitocôndria, conduzindo ao crescimento tumoral, o que nos ensina mais sobre o crescimento tumoral em geral.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentar