Combinação de fármacos aumenta tempo de vida de moscas da fruta

Estudo publicado na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences”

08 outubro 2019
  |  Partilhar:
A University College de Londres, levou a cabo um estudo onde se descobriu que uma mistura de três fármacos aumentou o tempo de vida de moscas da fruta em 48%.
 
Os três fármacos, lítio, trametinibe e rapamicina são já utilizados em terapêuticas para estabilizar o humor, combater o cancro ou regular o sistema imunitário, respetivamente, e foram já associados, individualmente, em estudos anteriores, ao prolongamento de tempo de vida em moscas da fruta, ratos ou minhocas.
 
Cada um deles atua em diferentes caminhos de sinalização celulares que, juntos, formam uma rede de perceção de nutrientes. Esta rede ajusta o que o corpo faz de acordo com as mudanças nos níveis de nutrientes. 
 
Os três fármacos atuam em diferentes proteínas desta rede para abrandar o processo de envelhecimento e o início da morte relacionada com a idade.
 
Os investigadores administraram, em moscas da fruta, os três fármacos separadamente e em conjunto. Cada um, individualmente, aumentou o tempo de vida das moscas em 11%. A combinação de dois aumentou o tempo de vida em cerca de 30% e a combinação dos três aumentou em 48%.
 
Os investigadores perceberam ainda que os três fármacos se complementam, dando o exemplo de que a rapamicina tem efeitos secundários sobre o metabolismo, semelhante à resistência à insulina, mas que o lítio anulou este efeito.
 
A investigadora principal, Linda Partridge, afirma: “Não queremos enganar a morte, mas sim ajudar as pessoas a envelhecer de forma saudável e livres de doenças nos últimos anos de vida”.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentar