Cirurgia laparoscópica de transplante de fígado feita com sucesso nos EUA

Estudo publicado na “Newsroom” da Clínica Cleveland

06 novembro 2019
  |  Partilhar:
A primeira cirurgia do médio-oeste dos EUA puramente laparoscópica de transplante de fígado entre dadores vivos adultos foi realizada com sucesso.
 
Ao contrário das cirurgias convencionais que requerem uma grande incisão para acesso ao fígado, o procedimento laparoscópico é realizado com pequenos orifícios no abdómen através dos quais se inserem câmaras e se disseca parte do fígado do dador.
 
Esta técnica minimamente invasiva beneficia o dador, na medida em que diminui a dor, as cicatrizes e o tempo de recuperação pós-operatória.
 
Outro benefício desta técnica é que o tempo de espera do recetor é menor e a qualidade do órgão é melhor, sendo que a avaliação da compatibilidade também inclui a saúde do dador vivo. 
 
O doente não tem de aguardar numa lista de espera por um dador falecido, o que minimiza a progressão da doença e os sintomas associados que prejudicam a qualidade de vida.
 
O tempo de isquemia (tempo em que o órgão não recebe sangue) também é diminuto, passando de horas para minutos, sendo que as cirurgias entre o dador e o recetor são feitas ao mesmo tempo.
 
Nesta cirurgia foi retirado um terço do fígado de um dador na casa dos 20 anos e transplantado num paciente na casa dos 60 com cirrose criptogénica. Sendo que o fígado é o único órgão capaz de se regenerar, ao fim de cerca de 8 semanas terá de novo o seu tamanho normal.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentar