Células associadas à maior causa de cegueira na terceira idade

Estudo publicado na “Nature Communications”

31 outubro 2019
  |  Partilhar:
Uma investigação da Universidade de Yale descobriu as células responsáveis pela degeneração macular associada à idade.
 
Estudos feitos aos genomas tinham já identificado dezenas de genes com um papel ativo na doença, mas não se sabia em que zona exata do olho estes infligiam os danos.
 
Existem dois tipos de degeneração macular, a forma seca e a forma exsudativa. Apesar de haver tratamentos como suplemento de vitaminas ou injeções regulares nos olhos, a doença pode progredir.
 
Os investigadores descobriram que as células da glia e as células vasculares responsáveis por levar o sangue à retina, assim como as células cone, contribuem para a degeneração da mácula, na parte central da retina.
 
Depois de identificados os genes associados ao risco de desenvolver degeneração macular, a equipa desenvolveu um atlas abrangente da retina humana para localizar os tipos de células associadas à doença sobre os quais os genes têm efeito.
 
Enquanto alguns genes foram associados às células cone, o tipo de célula chave para a visão central, outros foram associados às células da glia e às células vasculares.
 
Esta descoberta revela os possíveis alvos para novas terapias que melhorem e restaurem a visão.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar