Carne processada pode prejudicar a saúde mental

Estudo publicado na “Journal of Affective Disorders”

20 julho 2018
  |  Partilhar:
O consumo de carnes processadas, como salsichas, bacon e mortadela poderá contribuir para episódios de mania, um estado de humor anormal que inclui euforia, insónias e hiperatividade, indicou um novo estudo.
 
Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, EUA, descobriu que as pessoas hospitalizadas devido a um episódio de mania apresentavam uma possibilidade maior de terem consumido carnes curadas com nitrato (um conservante usado para preservar este tipo de produtos) do que as pessoas sem historial de um distúrbio psiquiátrico grave.
 
Para o estudo, a equipa liderada por Robert Yolken, que estava originalmente interessada em descobrir se a exposição a vírus transmitidos através da alimentação poderia estar ligada a problemas psiquiátricos, recolheu dados demográficos, de saúde e alimentação, entre 207 e 2017, oriundos de 1.101 pessoas, com 18 a 65 anos de idade, com e sem doenças psiquiátricas.  
 
A análise revelou um achado inesperado: as pessoas hospitalizadas por episódio de mania apresentavam um historial de consumo de carnes processadas 3,5 vezes maior do que as pessoas sem problemas psiquiátricos.
 
As carnes processadas não foram associadas a diagnósticos de doença esquizoafetiva, doença bipolar nas pessoas não hospitalizadas por mania ou por depressão major. 
 
Os investigadores atribuíram a associação identificada ao uso de nitratos para conservar os produtos de carne processada. Os nitratos foram anteriormente associados igualmente a alguns cancros e doenças neurodegenerativas. 
 
Um ensaio conduzido sobre ratos revelou que os que tinham sido expostos a nitratos, com um consumo equivalente ao aceitável num humano, evidenciavam hiperatividade e insónia, sintomas típicos da mania. 
 
Embora Robert Yolken e equipa indiquem que não se pode ainda retirar mensagens clínicas dos resultados observados e que o consumo ocasional de carne curada provavelmente não provocará um episódio de mania, consideram que os achados contribuem para a evidência de múltiplos fatores a contribuírem para a mania e doença bipolar.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar