Câmara de Gaia submete candidaturas para apoiar cuidadores informais

Candidaturas foram feitas para três projetos

10 outubro 2019
  |  Partilhar:
A Câmara de Vila Nova de Gaia anunciou que submeteu três candidaturas a projetos “de capacitação e empoderamento” que podem vir a envolver cerca de quatro centenas de cuidadores informais, incluindo jovens que vivem esta realidade.
 
As candidaturas foram submetidas ao abrigo do Programa Parcerias para o Impacto da Inovação Social e envolverá, se vierem a ser aceites, um investimento municipal na ordem dos 170 mil euros.
 
Um dos projetos denomina-se “C2iD – Capacitar os Cuidadores Informais” e está focado na área da deficiência.
 
O C2iD tem como objetivo promover a relação entre as respostas da comunidade e o cuidador, combatendo o isolamento social através da construção de uma rede local de suporte adaptada ao cuidador.
 
“Oficinas de Cuidadores” é o nome de um projeto que também foi alvo de candidatura e que tem como foco os cuidadores desempregados. Tem em vista o crescimento da formação, capacitação, emprego e autoemprego, numa perspetiva de desenvolvimento sustentável que permita melhorar as condições de saúde e socioeconómicas dos cuidadores de pessoas com deficiências ou outras doenças.
 
A terceira candidatura chama-se “Jovens Cuidadores” que se constituiu com o principal objetivo de "suprir a ausência significativa de respostas adequadas de apoio aos jovens cuidadores informais nas áreas da saúde, educação e juventude, o que pode colocá-los em risco em termos de saúde física e mental, pobreza e exclusão social, com potencial impacto negativo no seu desenvolvimento e qualidade de vida. Estes indivíduos apresentam, igualmente, o dobro do risco de integrar o grupo de jovens que nem trabalham nem estudam”, descreve a candidatura.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar