Bebidas açucaradas prejudicam a saúde e podem causar vício

Estudo publicado na “Appetite”

23 novembro 2018
  |  Partilhar:
Um novo estudo demonstrou que o consumo de bebidas com adição de açúcar pode, efetivamente, causar dependência.
 
Já se conhece bem os riscos para a saúde que acarreta o consumo dos refrigerantes e outras bebidas com açúcar adicionado: obesidade, diabetes e outras doenças crónicas.
 
No entanto, a equipa que conduziu este estudo, da Universidade da Califórnia, EUA, observou que a falta do consumo daquelas bebidas, em adolescentes dos 13 aos 18 anos de idade, causou sintomas de abstinência, dores de cabeça e anseio de as consumir.
 
Foram recrutados 25 participantes adolescentes, todos com excesso de peso e que relataram consumir pelo menos três bebidas com adição de açúcar por dia antes do início do estudo. 
 
A equipa pediu-lhes que durante cinco dias consumissem as suas bebidas normais e depois só água ou leite simples durante três dias. 
 
Foram recolhidas amostras de saliva dos jovens para analisar o consumo de cafeína pelos mesmos, uma substância que poderia afetar os resultados pois a sua ausência em consumidores habituais pode casuar sintomas de abstinência. Contudo, os participantes não eram grandes consumidores de cafeína.
 
Durante os três dias sem consumirem bebidas açucaradas, os adolescentes relataram sentir mais dores de cabeça, menos motivação para trabalhar, descontentamento, falta de concentração, desejo de bebidas com açúcar e um menor bem-estar geral. 
 
Estes resultados foram consistentes com os de estudos anteriores, que indicavam o poder viciante do açúcar. Os investigadores comentaram que o consumo de bebidas com adição de açúcar aumentou cinco vezes desde os anos 50, e que a adolescência é um período de mais suscetibilidade para as dependências.
 
Neste âmbito, são os jovens quem mais consome aquele tipo de bebidas e a faixa etária que tem registado um maior aumento da obesidade.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar