Estudo publicado na “Journal of the American Chemical Society”

Um novo estudo descobriu a forma como um composto do chá verde trava o desenvolvimento da formação das placas amiloides que contribuem para a doença de Alzheimer.
 
Conhecido como galato de epigalocatequina (EGCG), este polifenol presente no chá verde foi associado a um menor risco de Alzheimer em já vários estudos, prevenindo a formação daquelas placas tóxicas.
 

Estudo publicado na revista “Cardiovascular Research”

O teor de sal irá baixar 0,1 gramas, ficando em 1,3 gramas por cada 100 gramas de pão

Estudo publicado na revista “The Lancet”

Estudo publicado na revista “Journal of the National Cancer Institute”