Estudo publicado na revista “Cell”

Investigadores da Universidade de La Trobe, Austrália, revelaram pela primeira vez como os glóbulos brancos preparam a sua morte de forma a facilitar a sua expulsão do organismo depois de mortos.
 
Os glóbulos brancos passam por uma morte dinâmica em que libertam estruturas longas e encadeadas, como um colar, e fragmentam-se em pedaços. Os investigadores propuseram-se investigar o porquê deste processo complexo.

Estudo do Instituto Universitário Egas Moniz

Das 17 metas definidas pela ONU, Portugal ainda não alcançou nenhuma

Estudo publicado na “Circulation: Cardiovascular Quality and Outcomes”

Apresentação na Conferência Anual da Sociedade de Endocrinologia do RU