Alopécia Areata

58 replies [Última mensagem]
RE: RE: RE: RE: RE: Alopécia Areata

olá,
tenho alopecia desde dos 15 anos, inicialmente eram apenas pequenas falhas de cabelo que fui tratando com o rewcurso a corticoides, depois as coisas agravaram-se e continuei a usar cortizona como forma exclusiva de tratamento. Os médicos mudavam, o problema persistia.Há cerca de dois anos, decidi deixar de recorrer às injecções de cortizona e aí o problema agravou-se dramaticamente. Os outros tratamentos que me foram aplicados não estavam a surtir efeito, o sofrimento era demasiado e desisti... hoje, sofro de alopecia universal. Tenho procurado disfarçar o melhor possível o meu estado , mas decidi que está na altura de voltar à luta. O problema é saber a que médicos e medicamentos recorrer. Se me pudessem ajudar nesta busca ser-vos-ia eternamente grato.

RE: Alopécia Areata

Olá Isabel.

Lamento só agora estar a responder-lhe, é que na verdade já à mais de 2 anos que o Miguel não voltou a ter nenhuma pelada. Graças a Deus! Por isso nunca mais consultei este site, hoje por mera curiosidade consultei este tema e verifiquei que tinha havido mais mensagens.
Como lhe digo e da experiência que estou a ter com o meu filho é tudo uma questão nervosa e apenas do foro psicológico.
Deixe que o seu filho grite, chore, berre ou cante quando lhe apetecer, ele necessita de libertar os seus sentimentos livremente e não os reprimir. Acho que se ele se soltar é melhor para o seu sistema nervoso, embora possa fazer algumas cenas que se afiguerem desagradáveis para os pais. No entanto talvez essa seja uma descompensação necessária para a personalidade que tem.
Foi o que sucedeu com o Miguel, está muito mais irrevente, contestatário, respondão, mas não chega a ser malcriado nem violento, no entanto evoluiu quamto à forma de exteriorizar os seus sentimentos e emoções em relação às coisas e talvez isso tenha evitado ó aparecimento de nova pelada.
Não sou psicóloga, dou-lhe apenas a minha experiência como mãe.
Ao seu dispôr, e boa sorte para este ano de 2007!
Iolanda

RE: RE: RE: RE: RE: RE: Alopécia Areata

Olá
Eu tenho um filho de 4 anos que também tem alopécia areata. Está a fazer um tratamento semanal com um dermatologista de Lisboa. Ainda não está tudo resolvido, mas já tem pestanas e sobrancelhas. O cabelo está agora a começar a nascer. Contacte-me.

RE: RE: RE: RE: RE: RE: RE: Alopécia Areata

olá amiga
será que me podia indicar o nome e endereço do médico onde está a fazer os tratamentos.
Agradecia imenso.

RE: RE: RE: RE: RE: RE: RE: RE: Alopécia Areata

Olá a todos,

Chamo-me Pedro e tenho 30 anos de idade. Há aproximadamente 2 anos surgiu-me a minha primeira pelada na cabeça. Na altura recorri a um dermatologista que me receitou um tónico capilar (não me recordo do nome) que acelerou o processo de crescimento do cabelo, e realmente em pouco tempo a pelada desapareceu. Durante este tempo todo e até recentemente, não voltei a ter qualquer pelada.
Há cerca de uns 6 meses atrás e após ter cortado o cabelo, apercebi-me que tinha próximo da minha nuca uma pequena falha de cabelo...o pesadelo tinha voltado! Fiquei super deprimido e assim tenho estado desde então, mais quando me apercebo dos olhares e dos comentários que as pessoas fazem sobre a pelada, bem como quando me questionam sobre o que se passa.
Como tenho vergonha de andar assim pela rua, ando a ganhar coragem para rapar o cabelo...talvez assim as pessoas não reparem tanto no meu problema.
Muito sinceramente desconhecia que existiam assim tantos casos de pessoas com Alopécia Areata, mas enfim...acho que todos temos de viver com o mesmo problema.
Um até breve para todos...

RE: RE: RE: RE: RE: RE: RE: Alopécia Areata

olá Isabel
Gostaria de saber se está melhor e de partilhar
consigo o facto de que tambem estou a passar pelo mesmo e é sem dúvida muito complicado, se de alguma maneira tem alguma informação útil que me possa ajudar contacte-me através do meu email

obrigado

cristina cordeiro

tratamentos

Olá.
Chamo-me Lília, tenho 27 anos, e tenho alopécia à 3 anos. Recorri a neve carbónica (na Dr.ª Rute Barrosa - No Porto) nas zonas afectadas, corticoides, ciclosporina que resultaram muito bem inicialmente mas depois voltava a cair o cabelo, agora estou no hospital de S. João no porto da fazer fototerapia com raios UVA, e está a fazer efeito (pelo menos por enquanto). Vou lá 3 vezes por semana mas os tratamentos são adaptados a cada situação. Já não tomo cortisona, nem ciclosporina. Claro que os efeitos positivos demoram a serem vistos, mas pelos menos já há avanços...
Boa Sorte.

RE: tratamentos

olá ,
tenho alopecia há já alguns anos e ouvi falar de um tratamento à base de ciclosporina. Ouvi , no entanto , dizer que se tratava de uma terapia com graves efeitos secundários. Será que alguem está a seguir este tipo de trata mento e me pode aconselhar sobre se sim ou não valerá a pena experimentar?
obrigado

RE: RE: tratamentos

Olá! Eu já fiz o tratamento à base de ciclosporina, este medicamento é o mesmo que é usado pelos transplantados para não rejeitarem os orgãos, diminuindo em muito as defesas do organismo de forma a não haver defesas suficientes para combaterem infecções. É preciso ter muito cuidado, porque qualquer coisa nos pode por doentes. No meu caso, nunca fiquei doente e infelizmente também não vi resultados positivos porque (acho eu) comecei a tomar quando estava já numa fase em que o cabelo me estava a cair. Tomei ciclosporina durante 8 meses. A dosagem tem que ver com o peso e durante um período de tempo.
Acho que se deve tentar... Não custa nada...

RE: RE: Alopécia Areata

Acho que acabei de descobrir que tenho essa doença, estou realmente preocupado. tenho 30 anos, casado, e descobri isso a poucos meses. Percebi qdo a minha barba estavam com muitas falhas, só ai entao fui na Dermatologista.
Fiz tdos os exames e nada constaram, disse q o problema seria emocional, estresses.
Primeiramente mandou passar pomada, para estimular os pelos.
A minha barba que esta a cada dia mais falhada, e comecei a perceber a perda das sobracelhas.
qdo converso com as pessoas nem consigo encara-la.
Vcs aqui do forum, poderia entrar em contato comigo via email para trocarmos informacoes. Estou realmente muito preocupado....
abracos

Página 5 de 6