Vacina do rotavírus poderá estar associada a descida na diabetes de tipo 1

Estudo publicado na revista “JAMA Pediatrics”

29 janeiro 2019
  |  Partilhar:
Um novo estudo indica uma possível associação entre a introdução generalizada da vacina contra o rotavírus em bebés australianos e uma diminuição na incidência da diabetes de tipo 2.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores liderados pelo Instituto de Investigação Infantil Murdoch e pelo Instituto Walter and Eliza Hall, Austrália, o estudo revelou um declínio no número de crianças de zero a quatro anos de idade diagnosticadas com a doença desde 2007, ano da introdução da vacina como rotina.
 
A incidência da diabetes de tipo 1 começou a aumentar de forma substancial globalmente, a partir dos anos 80, não se sabendo ao certo a razão para tal.
 
Para o estudo, os investigadores analisaram o número de crianças australianas dos zero aos quatro anos de idade diagnosticadas com diabetes de tipo 1 entre 2000 e 2015. Verificou-se que, pela primeira vez desde os anos 80, o índice de casos de diabetes de tipo 1 diminuiu naquela população.
 
“A diminuição significativa da diabetes de tipo 1 que detetámos em crianças pequenas não foi observada em crianças mais velhas dos 5 aos 14. Isto sugere que as crianças pequenas poderiam ter estado expostas a um fator protetor que não teve impacto sobre as crianças mais velhas”, explicou Kirsten Perret, investigadora que liderou o estudo.
 
Os investigadores detetaram ainda que a redução na incidência da doença em crianças nascidas após 2007 coincidia com a introdução da vacina contra o rotavírus no programa de vacinação australiano.
 
Este achado está de acordo com estudos anteriores que tinham sugerido que a infeção natural por rotavírus poderia constituir um fator de risco para o desenvolvimento da diabetes de tipo 1. 
 
Contudo, a equipa sublinha que presentemente não se sabe se a redução na diabetes de tipo 1 é um efeito permanente ou temporário e se poderá ser apenas relevante para as crianças australianas. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentário