Diabetes gestacional associada a diabetes nos filhos

Estudo publicado na revista “CMAJ”

17 abril 2019
  |  Partilhar:
As crianças e adolescentes cujas mães tenham tido diabetes gestacional correm um maior risco de desenvolverem diabetes, sugeriu um estudo recente.
 
“Embora a diabetes de tipo 1 e de tipo 2 nos pais seja um fator de risco bem estabelecido para a diabetes, demonstrámos que a diabetes mellitus gestacional poderá constituir um indicador de risco para a diabetes nos filhos dessas mães, antes dos 22 anos de idade”, indicou Kaberi Dasgupta, coautora do estudo, do Centro de Saúde da Universidade McGill, Montreal, Canadá.
 
A investigação contou com a análise de dados sobre 73.180 mães. Kaberi Dasgupta e colegas compararam nascimentos selecionados, de forma aleatória, de mães que tinham tido diabetes gestacional com os de mães que não tinham tido diabetes gestacional.
 
Como resultado, a incidência de novos casos de diabetes por 10.000 pessoas-anos foi de 4,5 nos filhos cujas mães tinham tido diabetes gestacional durante as suas gravidezes. Nos filhos de gravidezes sem diabetes gestacional, a incidência foi de 2,4 em 10.000 pessoas-anos.
 
Portanto, uma criança ou adolescente cuja mãe tivesse tido diabetes gestacional possuía uma propensão de quase o dobro de desenvolver diabetes antes dos 22 anos de idade.
 
Esta associação foi identificada em crianças desde o nascimento até aos 22 anos de idade, desde o nascimento até aos 12 anos de idade e dos 12 aos 22 anos de idade.
 
“Esta ligação da diabetes em crianças e adolescentes com diabetes gestacional na mãe tem o potencial de estimular os médicos, pais e as próprias crianças e adolescentes a considerarem a possibilidade de diabetes, se os filhos de mães com diabetes mellitus gestacional desenvolverem sinais e sintomas como urinar frequentemente, sede anormal, perda de peso ou fadiga”, conclui Kaberi Dasgupta
 
A deteção precoce da diabetes é importante em crianças e adolescentes, já que cerca de um quarto são diagnosticados na altura em que recorrem a cuidados clínicos para a cetoacidose diabética, uma complicação da diabetes potencialmente fatal. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentário