Crianças com autismo têm cérebro mais simétrico

Estudo publicado na revista “Nature Communications”

07 novembro 2019
  |  Partilhar:
Um estudo em grande escala do consórcio ENIGMA de investigadores de questões do cérebro revela que os dois lados do cérebro de crianças autistas são simétricos.
 
As metades esquerda e direita do cérebro desenvolvem-se de forma diferente, visto que ambas têm funções diferentes. Para muitas pessoas, por exemplo, o hemisfério esquerdo, que controla a mão direita, também é o grande responsável pela linguagem.
 
Merel Postema, investigador, revela: “Estudos anteriores sugerem que as pessoas com distúrbio do espetro do autismo são menos propensas a ter assimetrias de domínio da linguagem e preferência de mão”. Contudo, não se sabia até que ponto essa assimetria se refletia no cérebro.
 
Com base em dados cerebrais recolhidos por ressonância ao longo de 20 anos em vários países, este estudo avaliou o cérebro de 1.774 pessoas com autismo e 1.809 controlos saudáveis.
 
A equipa descobriu que os hemisférios esquerdo e direitos são, de facto, similares nas pessoas com autismo. A reduzida assimetria revelou-se mais na espessura do córtex, em várias zonas da superfície do cérebro. 
 
Num cérebro saudável a espessura do córtex cerebral (a camada fina de matéria cinzenta que cobre o cérebro) difere entre o hemisfério esquerdo e o direito, independentemente da idade, sexo, QI ou severidade dos sintomas.
 
Este estudo oferece mais informação sobre a neurobiologia por trás do autismo.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentário