Cérebro de pessoas com enxaquecas é hiperexcitável

Descoberta publicada na revista “Neuroimage: Clinical”

17 fevereiro 2020
  |  Partilhar:
Investigadores das Universidades de Birmingham e Lancaster sugerem que as pessoas com enxaquecas sofrem de córtex visual hiperexcitável.
 
As enxaquecas caracterizam-se por serem debilitantes e persistentes, acompanhadas de alta sensibilidade visual e auditiva ou a outros estímulos. As causas exatas destas dores de cabeça extremas não são conhecidas, mas especula-se que estejam relacionadas com alterações químicas, nos nervos ou nos vasos sanguíneos do cérebro.
 
Contudo, Terence Chun Yuen Fong, autor líder, explica que a maioria das pessoas com enxaqueca reporta sensações visuais anormais no dia a dia, como alucinações, desconforto visual ou extra sensibilidade à luz.
 
Os investigadores partiram, por isso, do princípio de que existirá uma ligação entre as enxaquecas e problemas no córtex visual.
 
Para testar a teoria, foram recrutados 60 voluntários, dos quais metade sofria de enxaquecas regularmente. Todos tiveram de olhar para um padrão com uma grelha com riscas e avaliá-lo de acordo com o grau de desconforto visual que este causava.
 
Depois, foram todos submetidos a um eletroencefalograma para medir e registar as ondas cerebrais quando o estímulo visual com o padrão era apresentado.
 
Em ambos os testes a equipa de cientistas observou uma maior resposta do córtex visual no grupo de pessoas com enxaquecas.
 
Este estudo revela evidências de que existem anomalias específicas na forma como o córtex visual processa informações nas pessoas com enxaquecas.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentário